Como o autoatendimento pode aumentar o seu ticket médio

O que você já tentou fazer para aumentar o ticket médio no seu estabelecimento? Oferecer mais produtos para os mesmos clientes, como combos, é uma ótima iniciativa, assim como incluir itens mais custosos no cardápio

Autoatendimento

Como o autoatendimento pode aumentar o seu ticket médio?

O que você já tentou fazer para aumentar o ticket médio no seu estabelecimento? Oferecer mais produtos para os mesmos clientes, como combos, é uma ótima iniciativa, assim como incluir itens mais custosos no cardápio. Porém, você já parou para pensar que a tecnologia também pode ser uma grande aliada nesse processo? Nesse artigo, nós explicamos como o sistema de autoatendimento pode ajudar a aumentar o ticket médio dos estabelecimentos.

O ticket médio é uma das métricas mais importantes para qualquer comércio, incluindo bares, restaurantes, lanchonetes, hamburguerias, sorveterias e outros estabelecimentos do ramo alimentício. Ele é calculado de forma simples, dividindo o total das vendas pelo número de vendas realizadas naquele período.

Por exemplo: se você vendeu 2.200 reais em um dia e fez 50 vendas naquele dia, o ticket médio é de R$ 44, neste período.

Analisar o ticket médio é importante por vários motivos. Em primeiro lugar, ele é um bom indicador do desempenho do comércio. Afinal, se os clientes estão comprando mais, seus lucros tendem a aumentar — até porque atender a dois clientes que gastam 25 reais e um que gasta 50 não é a mesma coisa, certo?

Isto posto, a análise do ticket médio também pode auxiliar na segmentação de clientes e a identificar oportunidades de cross-selling/upselling (vender mais para os mesmos clientes para aumentar os lucros). Isso porque, observando quais grupos de clientes têm um ticket médio mais alto, você consegue criar ofertas personalizadas para eles.

A grande questão é que existem diversas estratégias para aumentar o ticket médio. Mas o que muitos empreendedores não sabem é que a tecnologia também pode ajudar muito nisso: um sistema de autoatendimento contribui de várias maneiras nesse sentido, como vamos explicar melhor a seguir.

 

Como e por que aumentar o ticket médio do estabelecimento?

De modo geral, aumentar o ticket médio do seu bar ou restaurante é uma ótima maneira de aumentar a rentabilidade do negócio.

Afinal, como mencionamos brevemente acima, vender para dois clientes ou para um só é bem diferente, ainda que o valor seja o mesmo nos dois casos. Isso porque cada venda têm custos fixos e variáveis — e se estes forem diluídos num valor maior, seus lucros também aumentam. É claro que, por outro lado, é possível ganhar no volume, com um ticket médio menor. Mas isso deve ser uma decisão estratégica do empreendedor e, na grande maioria dos casos, um ticket médio maior é uma estratégia mais segura para os lucros.

Um dos motivos para isso é o chamado custo de aquisição do cliente (CAC), que inclui os investimentos em publicidade, promoções e outras iniciativas para atrair novos clientes. Na medida em que cada cliente conquistado gasta mais, o impacto desse CAC nos lucros diminui. Aliás, aumentar o ticket médio pode reduzir a necessidade de conquistar novos clientes para o estabelecimento, com tanta frequência. Afinal, clientes que gastam mais geram um fluxo de receita mais estável para seu negócio.

Na verdade, conforme o ticket médio aumenta, você consegue investir mais em iniciativas de marketing, vendas e atendimento — gerando um ciclo virtuoso de crescimento. Sendo assim, é simples concluir que isso é benéfico para seu bar ou restaurante. Aí, a questão é: como fazer isso? Seguem algumas sugestões:

    1. Crie pacotes ou combos: criar pacotes com vários itens do menu a um preço fixo é algo que parece vantajoso para o cliente, mas também o convence a gastar mais no seu restaurante — pedindo itens que, em outras situações, ele não pediria.
  • Sugira itens adicionais: além dos combos, seus clientes podem incluir itens extras avulsos ao fim do pedido, como uma sobremesa ou bebida; para isso, é claro, você precisa sugerir esses itens da forma e na hora certas.
  • Ofereça tamanhos ou porções extras: dê aos clientes a opção de incluir uma carne extra no hambúrguer ou de pedir sua batata em tamanho grande; isso permite que o cliente consuma mais (e gaste mais) no seu estabelecimento.
  • Crie opções com valor agregado: é possível incluir, no seu menu, itens que custam mais caro do que o habitual — com ingredientes ou preparações superiores.
  • Faça promoções: você também pode aumentar o ticket médio com estratégias de promoção no estilo “leve mais, pague menos”, cupons de desconto ou “acima de X valor, ganhe um brinde”; isso tudo incentiva o cliente a pedir mais para garantir tais benefícios.

E como vamos mostrar a seguir, os sistemas de autoatendimento também podem ser um grande aliado para aumentar o ticket médio dos estabelecimentos comerciais. Até porque eles podem auxiliar em todas essas estratégias que citamos acima.

Como funciona o autoatendimento para restaurantes?

 

Em resumo, o sistema de autoatendimento para restaurantes é uma solução tecnológica — em geral, com totens ou tablets —, que permite aos clientes fazer seus pedidos e pagar sem ter contato direto com um atendente humano.

Por meio de uma tela touch, o cliente escolhe os produtos que deseja — informando todos os detalhes de sabores, quantidades, tamanhos e personalizações — e como deseja pagar. O pagamento, inclusive, é feito por um terminal integrado ao totem ou tablet. Depois, é só aguardar o pedido em sua mesa ou retirá-lo no balcão.

Essas telas podem ficar dispostas no balcão, nas mesas ou espalhadas em diversos pontos estratégicos do estabelecimento. Além disso, elas são muito comuns em lojas de pequeno porte — no estilo “portinha”, na rua. Com isso, seu atendente fica livre para preparar todos os pedidos, enquanto os clientes fazem o pedido no totem.

Investir em um sistema de autoatendimento para restaurantes traz vários benefícios:

  1. Evita filas no balcão ou para conseguir falar com atendentes.
  2. Permite que os pedidos saiam de forma mais rápida e fácil.
  3. O cliente tem mais autonomia para fazer o pedido, com as imagens e detalhes dos produtos no sistema de autoatendimento.
  4. O autoatendimento oferece uma experiência mais moderna e atraente.

Além disso, é claro, contribui para aumentar o ticket médio, como vamos explicar mais a fundo no próximo item. Contudo, se você quiser saber mais sobre o autoatendimento para restaurantes e como implementar o sistema no seu negócio, leia este outro artigo.

 

4 maneiras de aumentar o ticket médio com o autoatendimento

Indo direto ao ponto, é interessante observar a questão da autonomia: o cliente se sente livre para explorar o menu e as opções, o que pode encorajá-lo a pedir itens extras, mais produtos ou tamanhos maiores. Isso já é uma forma de aumentar o ticket médio. Porém, além dessa, listamos outras quatro, a seguir.

1. Visual atraente

Como explicamos, o autoatendimento para restaurantes funciona com totens ou tablets — e suas telas touch screen permitem exibir fotos muito atraentes do seu cardápio. Aliás, as fotos costumam ser mais coloridas e chamativas na tela do tablet do que na maioria das impressões de cardápios convencionais.

Dito isso, tal estímulo visual pode influenciar o cliente a explorar melhor as opções e pedir itens que, em outras situações, não pediria. Por consequência, o valor total do pedido pode aumentar sensivelmente.

 

2. Facilidade de pedir e pagar

A tela touch screen do sistema de autoatendimento é muito semelhante à do celular — e o processo remete aos pedidos em aplicativos de comida. O pagamento pode ser feito com poucos cliques, num terminal ao lado do totem ou tablet. Desse modo, tamanha facilidade pode encorajar o cliente a fazer outro pedido (como uma bebida ou sobremesa extra), bem como incluir mais itens em sua compra.

 

3. Personalizações e itens extras

Quando demos sugestões para aumentar o ticket médio, falamos sobre oferecer produtos extras, tamanhos maiores, acompanhamentos e etc. Pois bem: o autoatendimento ajuda a implementar tudo isso no seu serviço.

Na configuração do sistema de autoatendimento, você pode permitir que seus clientes tenham a possibilidade de adicionar ingredientes, pedir acompanhamentos ou porções extras. Assim, os pedidos ficam mais caros e o ticket médio aumenta.

 

4. Upselling e cross-selling

Outra possibilidade dos sistemas de autoatendimento é sugerir os produtos/extras para o cliente, antes do pagamento. Por exemplo:

  • oferecer uma bebida para quem pediu um hambúrguer;
  • oferecer batata grande para quem pediu a porção pequena ou média;
  • oferecer uma sobremesa;

Quando essas sugestões são realizadas de forma contextualizada e no momento certo, se tornam muito mais atraentes — é por isso, afinal, que tantos comércios mantêm doces e bebidas perto do caixa, não é mesmo?

Por fim, também é indispensável observar que o sistema de autoatendimento é integrado ao sistema de gestão ERP. Sendo assim, você possui todos os dados das vendas e clientes para fazer estudos, analisar o ticket médio, e até criar ofertas personalizadas para certos grupos de clientes.

Então, se você se interessou pelo sistema de autoatendimento, saiba que é muito prático e acessível implementá-lo em seu estabelecimento. Fale com nossa equipe comercial, pelos botões de contato aqui do site, para obter mais informações e fazer um orçamento sem compromisso. O sistema ajudará seus negócios de diversas maneiras, além de aumentar o ticket médio.

 

Fonte: ConnectPlug

Compartilhe

Como o autoatendimento pode aumentar o seu ticket médio

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também!

Você pode gostar dessas outras notícias

EXCELbr ADQUIRE A XPTEC EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS LTDA

Aquisição expande a atuação da EXCELbr no mercado de gestão do abastecimento de combustíveis e automação para postos de varejo Transação cria inúmeras oportunidades...

MTP-427/2021 -Vantagens que obrigatoriedade do sistema de med...

A partir de 21 de setembro deste ano, começa a vigorar a medida estabelecida pela Portaria MTP 427/2021 artigo 3º, subitem 9.2 do Anexo IV da NR20, que obriga os posto...

Receita Federal define novas regras para o imposto de renda 2023

Começa, no dia 15 de março, o período para o envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) 2023 à Receita Federal. Algumas regras mudaram, vamos ent...

Dicas para fazer a automação em postos de combustíveis

A automação em postos de combustíveis é algo que vem se tornando cada vez mais frequente. Também não é para menos! A utilização de equipamentos tecnológicos nesse t...

O prazo para se adequar ao TEF é 01 de janeiro de 2023!

A partir de 01/01/2023 supermercados, hipermercados e minimercados deverão ter a emissão do comprovante de pagamento  obrigatoriamente vinculado à NFCe emitida.

Atenção para o prazo para o decreto 56.670!

O prazo para supermercados, hipermercados e minimercados fazer a emissão do comprovante de pagamento mudou. E e nossa solução da parceira Windel já está preparada para...

CR1 Soluções
Copyright © 2023
CR1 Soluções
Copyright © 2023
Atendimento por WhatsApp
Departamento Comercial
Comercial
Atendimento por WhatsApp
Departamento de Suporte
Suporte
Atendimento por WhatsApp
Departamento Comercial
Comercial
Atendimento por WhatsApp
Departamento de Suporte
Suporte

CR1 Soluções

Copyright © 2023

Este site utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência. Ao clicar em 'ok" e continuar navegando, você concorda com a nossa política de privacidade